quarta-feira, 1 de março de 2017

Atividades -p. 74-9º ano

Atividades
Retomando
1. O texto a seguir é de um historiador; leio-o com atenção:
               Nas eleições presidenciais de 1910, 21 anos após a proclamação da República havia no Distrito Federal 25246 eleitores, isto é 2,7% da população calculada para este ano. Apenas 8687 compareceram às urnas, isto é 4% dos eleitores e 0,9% da população total. Computando somente os votos apurados [...] verificamos que representavam 18% dos eleitores e 0,5 da população total.
CARVALHO, José Murilo de . Os bestializados:  O rio de Janeiro e a república que não foi.
São Paulo: Companhia das letras, 1987. p. 86
a) O que se pode concluir sobre as eleições presidenciais do 1910 com base no texto?
Conclui-se que a participação popular na escolha do presidente da República era praticamente nula. No caso do Distrito Federal, por exemplo, a porcentagem de eleitores foi de apenas 18%, o que correspondia a 0,5% da população total. O Distrito Federal na época ficava na cidade do rio de janeiro.
b) O que se pode dizer sobre política e cidadania nos primeiros tempos da República com base nos dados fornecidos pelo autor do texto?
Pode-se dizer que o sistema político eleitoral da Primeira República impedia a maioria da população de ter acesso á cidadania política.

3. Leia a tabela com atenção e a seguir responda:

 a) O que se pode concluir sobre a economia brasileira no período?
Que o Brasil dependia das exportações de gêneros alimentícios agrícolas, como o café, açúcar, algodão, e produtos extraídos, como a borracha.
b) o que se pode dizer sobre o desempenho do café no período?
Que o café sempre ocupou o primeiro lugar na pauta de nossas exportações, chegando a responder por 72,5% do total no quinquênio 1924/1929.
c) que outro produto, além do café, teve grande importância no período abrangido pela tabela?
A borracha, que ocupou o segundo lugar entre 1889 e 1918 e chegou a responder por 25,7% das nossas exportações entre 1898 e 1910.
d) Comente o impacto socioeconômico e cultural do boom da borracha na Amazônia.
O boom das borracha atraiu para a Amazonas grande contingentes de trabalhadores, especialmente nordestinos, submetidos a uma rotina de trabalhos estafantes e baixo salários. Ao mesmo tempo, enriqueceu seringalistas e agentes comerciais estrangeiros, cujas fortunas contrastavam com a pobreza dos trabalhadores a seu serviço. A riqueza gerada pela borracha na Amazônia possibilitou a construção de obras arquitetônicas de inspiração europeia, como o Teatro Amazonas, em Manaus, e o Teatro da Paz, em Belém, bem como a introdução de itens de conforto material, como água encanada e luz elétrica.
e) Aponte a principal razão do declínio da economia da borracha.
A concorrência da borracha do Sudeste Asiático, de boa qualidade e produzida em grandes quantidades.



Leia a Tabela com atenção.
a) A tabela mostra oi número de indústrias e de operários em 107 e em 1920. O que se pode concluir comparando esses dados?
Conclui-se que, durante o período, o número de empresas cresceu por volta de quatro vezes, enquanto o número de operários empregados quase duplicou.
b) Que fatores explicam o fenômeno mostrado na tabela?
Os capitais acumulados com as vendas de gêneros agrícolas, sobretudo de café; a disponibilidade de matéria-prima e de mão de obra barata e a existência de um sistema de transporte ligados aos portos.

5. Leia a tabela com atenção

a) Com base na tabela, calcule o número total de imigrantes europeus e asiáticos vindos para o Brasil.
3198910
b) desse total, quantos eram italianos, portugueses ou espanhóis?
85,6%
c) O que explica a preferência por esses três grupos de imigrantes?

A imigração de portugueses, italianos e espanhóis foi estimulada por serem, essas pessoas de cor branca e católicos e por falarem línguas de origem latina, como o português. A elite brasileira acreditava na superioridade do europeu sobre os demais povos e que além de trazerem progresso e civilização, contribuíram para o branqueamento da população.

Nenhum comentário:

Postar um comentário